Feeds:
Posts
Comentários

Hoje foi inaugurado o Memorial do 11 de setembro em Nova Iorque, faz 10 anos que as torres gêmeas  – marco arquitetônico da cidade – vieram abaixo devido ao ataque terrorista.

No lugar das torres foi pensado um memorial em homenagem às pessoas que morream neste dia. O arquiteto Michael Arad pensou em fazer piscinas e espelhos d´água, pois nos dias seguintes ao atentado foi ao redor de um chafariz que ele se solidarizou com outras pessoas.  A ideia é relativamente simples e talvez por isto, na minha opinião, seja tão bonita.

Os chafarizes são quadrados, na exata posição da torre norte e da torre sul e são um negativo do que  exisitu ali.  Há quem interprete a água como lágrimas que nunca cessarão, mas a água corrente, o barulho constante e suave (será?) podem ser relaxantes. O parapeito das piscinas tem o nome das vítimas gravados.

 skyline em 2001 e  skyline projetado para 2016

Nem sempre um quarto de bebê precisa ter aquela corzinha apagadinha…é permitido ousar nas cores, saindo um pouco do azulzinho, rosinha, amarelinho, etc..

A ‘base’ marrom chocolate dá ótimas combinações!

 Olhem alguns exemplos:

As estampas também podem ser mais modernas…. e sem perder a cara de infância!

Vila Madalena, em São Paulo, é um bairro muito charmoso pelas ruas  com subidas e descidas, pelas  lojas diferentes das dos shoppings, pela boemia de bares e restaurantes…e também pela quantidade de casas!

Mas eu, que ainda não tinha passeado a pé por lá, me encantei com um prédio de nome w 305:  rua wisard, nº305!!

Pesquisando um pouco mais pelo google, descobri que o projeto é do arquiteto paulista Isay Weinfeld, que já foi citado aqui. Adoro os projetos dele!

casa segura!

Olhem que linda esta casa! E o melhor é que ela pode ficar 100% fechada, aumentando a segurança dos habitantes!

Aberta ou fechada ela surpreende pela limpeza dos volumes e soluções práticas e automatizadas.

O Hotel Crowne Plaza de Copenhague, Dinamarca, dá desconto aos hóspedes que pedalarem por 15minutos, gerando energia e diminuindo as “pegadas de carbono” geradas pela gente! A quantidade não é grande, mas incentiva as pessoas a fazerem exercícios e torna o hotel ainda mais atraente 🙂

Além disto o hotel tem outras “eco-qualidades” como a utilização de painéis solares na sua fachada e a utilização exclusiva de lâmpadas econômicas (muito normal pela Europa toda).

Lindas estas luminárias.

Me lembrou muito este nosso outro post aqui.

Muito charmosas!

papel na parede!

Idéia bem legal  e detalhe: super fácil de copiar, executar.

Ao invés de usar uma lousa, que tal um rolo de papel pardo?

Agora numa fase “super-mãe”, fiquei encantada com a arquitetura de algumas escolas de educação infantil que descobri por aqui e pelo mundo.

As salas de aulas estão cada vez mais interativas e lúdicas, criando ambientes aconchegantes e cativantes para esse público tão especial.  As paredes ganham vida com cores e volumes, olhem este corredor que criativo!

 

E além de bonitos são ergonômicos, de acordo com a estatura dos pequenos, e tudo parece ser feito com muito cuidado.  Olhem que fofo este cantinho de brincar e descansar…

 

… e  pra dar vontade de voltar a ser criança e sair brincando, olhem que astral estes espaços!!!

 

   

  

  

Quero uma escolinha assim para minha filha!

Já mostramos aqui um forro diferente antes….Agora é a vez de mostrar o trabalho do pessoal do escritório Department of Architecture que conseguiu um efeito fantástico no forro deste hotel em Pattaya, Tailândia.

A idéia principal foi trazer a tranquilidade e a fluidez das ondas do mar para dentro do lobby do hotel…Acho que deu certo!

Inspirada por este  post , com aquela vista linda de NY, me lembrei do que a minha mãe sempre buscava quando procurava uma casa nova: boa orientação solar e uma vista bonita (além de outros muitos predicados).  Lembrei também do filme “uma janela para o amor”, da história não recordo muito, mas os cenários e o título original “ a room with a view”, sim!

   – A Signora não podia fazer uma coisa destas – disse Miss Bartlett – de maneira nenhuma. Tinha-nos prometido quartos para o sul com vista, e juntos. E em vez disso estamos em quartos para o norte, isto são quartos para o norte, dão para um pátio e estão muito separados. (…) É como se estivéssemos em Londres. Olhou para as duas filas de ingleses sentados à mesa, para a fila de garrafas de água e de vinho tinto que corriam entre eles, para os retratos da falecida Rainha e do falecido Poeta Laureado pendurados atrás, com pesadas molduras(…) Charlotte, não tens também a sensação de que podíamos muito bem estar em Londres?

Edward Morgan Forster, A Room with a View, 1908

Como é importante a gente ter para onde olhar numa casa ou no trabalho, não acham?

Aqui já mostramos algumas vistas de uma casa projetada pela Quadrilha, certamente este cliente escolheu muito bem a localização da sua casa.

Hoje queremos  a visão do horizonte, da cidade toda, do mar…

casa com vista para o mar

casa com vista para o mar

 

Com chuva ou com sol é sempre bom ter  um quarto (ou sala, cozinha, banheiro..) com vista, não acham?